Super-8 na Paraíba é tema de revista digital produzida por alunos da UFPB

A Bitola-8 traz conteúdo hipermídia sobre o cinema paraibano das décadas de 1970 e 1980

O cinema Super-8 da Paraíba foi o tema do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de dois estudantes de jornalismo da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Jéssica Salles e Arthur Morais produziram uma revista digital sobre o que é considerado o terceiro ciclo do cinema paraibano, realizado no final da década de 1970 e ao longo dos anos 1980, a Bitola-8.

Disponível para acesso antes mesmo da defesa, a revista desenvolvida por eles  traz um histórico dos filmes produzidos nesse período, quem eram os realizadores, a proposta estética e as temáticas abordadas, além de entrevistas e diversos arquivos de imagem e vídeo. O nome do projeto, Bitola-8, é uma referência aos rolos de filmes em película e sua largura, 8 milímetros, utilizados nas câmeras Super-8 para filmagem das produções do chamado terceiro ciclo de cinema da Paraíba.

O professor da UFPB e também realizador de filmes desse período, Pedro Nunes Filho orientou o TCC. Foi através de um filme dele, Closes (1982), que Jéssica e Arthur se sentiram instigados a desenvolver o projeto como trabalho de conclusão deles no curso de jornalismo.

“Após assistirmos ao filme Closes, do professor Pedro Nunes, lançado em 1982, percebemos que o terceiro ciclo tem uma variedade temática muito vasta e já tratava de temas que a gente considera bastante atuais, como a homossexualidade e a sexualidade (de um modo geral). À partir daí resolvemos dar início ao projeto da revista Bitola-8”, explica Jéssica Salles.

No vídeo acima, Closes (1982), filme do professor da UFPB e cineasta Pedro Nunes, que foi vanguarda ao abordar a homossexualidade no cinema da Paraíba.

Na pesquisa desenvolvida, a dissertação de mestrado do professor Pedro Nunes sobre esse ciclo do cinema da paraíba, Violentação do Ritual Cinematográfico, defendida em 1988, e  o acervo do projeto Cinema e Memória, coordenado pelos professores da UFPB Fernando Trevas e Lara Amorim foram as principais referências que deram o alicerce para a construção do projeto. No caso do último, que também disponibilizou os filmes desse período online e permitiu que Jéssica e Arthur pudessem ver todos os filmes, há também o livro Cinema e Memória – O Super-8 na Paraíba nos Anos 1970 e 1980, uma coletânea de artigos que enfocam justamente essa temática.

Segundo os autores, a dificuldade maior para realizar o projeto da Bitola-8 foi o levantamento de dados e informações elementares, como datas de realização dos filmes e grafia de nomes, visto que há discrepâncias nos registros feitos ao longos dos anos e muitos documentos acabaram se perdendo. “Discutindo com nosso orientador, Pedro Nunes, a gente chegou a uma conclusão mais ou menos que era (a informação concreta em relação aos filmes)”, destacou Arthur. “Mas isso ainda preciso ser melhor aprofundado, ainda precisa passar um ‘pente fino’ (nessas informações)”, ponderou ele sobre a necessidade de uma maior verificação desses dados.

IMG_20160615_133708539

Os formandos em Jornalismo na UFPB Arthur Morais e Jéssica Salles, criadores da Revista Bitola-8. O desejo de desenvolver um produto jornalístico sobre o cinema paraibano como TCC fez com que eles mergulhassem numa pesquisa ampla sobre o tema, disponibilizando um material muito rico de informações e conteúdos.

Hipermídia

A ideia inicial da dupla de universitários da UFPB era produzir uma revista impressa, nos moldes convencionais. A falta de um aporte financeiro para isso acabou por transferir o projeto para a plataforma digital. Essa escolha, entretanto, potencializou o trabalho através de recursos como hiperlink, GIFs, vídeos e imagens que ajudam a transmitir com mais precisão e dinamismo o conteúdo produzido sobre o tema, e com a vantagem de poder ser acessado no mundo inteiro a qualquer hora, por qualquer pessoa com acesso a internet. Para estrturar e veicular a Bitoa-8, eles utilizaram o Wix, plataforma gratuita de desenvolvimento de sites.

“Tivemos pouco tempo pra fazer essa troca de produto, da versão impressa para o website, e o fato do Wix disponibilizar algumas ferramentas facilitou muito a criação do website da revista”, pontuou Jéssica.

Acesse a Revista Bitola-8 AQUI

 

Nota 10!

Os estudantes fizeram a defesa do trabalho na última terça-feira (14) e alcançaram a nota máxima, um 10 repleto de comentários elogiosos dos professores e cineastas Bertrand Lira e Everaldo Vasconcelos, ambos também com trabalhos audiovisuais do terceiro ciclo do cinema na Paraíba, como o orientador Pedro Nunes. Foi recomendada a criação de um livro-reportagem com o material publicado e sistematizado na Bitola-8, tamanha a relevancia e a qualidade do trabalho desenvolvido por Jéssica Salles e Arthur Morais

Jéssica ressalta que após a defesa, ela a Arthur tiveram “a noção do quanto esse material é importante para preservação desse período cinematográfico e também para a história cinema paraibano”. Eles não descartam a possibilidade de ampliar a linha editorial do site e publicar conteúdo sobre outros temas e outros períodos envolvendo a produção de audiovisual na Paraíba

“A gente pode desenvolver esse site e pensar numa forma mais dinâmica, com material atual, e preservar a outra parte que já tem, de memória, e desenvolver ao redor dele, evoluir o projeto”, concluiu Arthur.

 

Deixe um Comentário